Essas são as novidades no Portal em barild e 2015. 

Pai e Mãe De Verdade20150421210806 pai e mae

Este é um livro sobre atitude adotiva e sobre pais e mães de verdade. Seu pressuposto é o de que só nos tornamos pais e mães quando adotamos nossos filhos, tenham eles nascido ou não de nossos ventres. A atitude adotiva é, então, o único caminho para a constituição da filiação de verdade. Verdade que se constitui nos laços da alma, sem os quais famílias tornam-se apenas aglomerados de gente.

 Como afirma o prefácio de Luiz Schettini Filho, os autores, ao longo de suas reflexões sobre a adoção de filhos, foram sublinhando sua descrição com o que há de mais sublime na consolidação da parentalidade adotiva- o amor de quem ama os filhos que não chegam pela via do corpo, mas que são incorporados para sempre. Cada capítulo é um alento que conforta e esclarece sem a preocupação primeira de explicar, mas com a intenção didática de exemplificar. Este é um livro para ser lido com os olhos do coração porque foi escrito com humanidade. E, como conclui o posfácio de Sávio Bittencourt, o livro propõe - na teoria e na prática - uma revolução de afeto através do deliberado propósito de amar e se fazer amar, como pai e como mãe. Simples assim- amar é uma decisão. E a adoção é uma atitude. Atitude que se deve renovar como um eterno juramento de amor a cada dia da vida.

 

Bem-vindo À Família!

20150421202138 bemvindo

Há muitas formas de as crianças chegarem à sua família: via reprodução natural ou assistida, via adoção por uma pessoa sozinha ou por casais de tipos variados, via fusão de famílias... Com muito bom humor, este livro ilustrado mostra que não importa de onde vêm os filhos e nem como o núcleo familiar é formado: receber quem chega de braços abertos é o que realmente conta.

 

 

 

 

o acessoi rio final

 

 

 

O Acessório Final

 

Aleksandra tem um marido fantástico, um apartamento fantástico em Paris junto ao Sena, um amante fantástico, um trabalho fantástico (editora-chefe da revista ELLE). Resumindo, ela tem tudo, exceto o último acessório da moda - uma criança. Com a sua habitual boa sorte, a adoção ocorre sem problemas e o pequeno Aleksei de 7 anos chega da Rússia para a sua casa "100% Cachemira”! Só que ele não é tão bonito e perfeito como todo o resto...